sábado, 20 de setembro de 2008

Na França, Faça Como Os Franceses


Cada país tem seus costumes e muitas vezes aquilo que achamos absolutamente normal pode ser considerado ofensivo para outros povos. Imagine-se numa viagem a Paris onde sabe que terá contato com os parisienses, como num curso ou mesmo num trabalho que desempenhará por lá. Ou ainda simplesmente um turista que não quer passar por mal educado. O que não se deve fazer de jeito nenhum? A seguir:

1) Se você for convidado para algum jantar em uma casa parisiense nem pense em aparecer de mãos abanando. É de bom tom levar um pequeno presente para os anfitriões que podem ser uma garrafa de vinho ou um bouquêt de flores. Leve, portanto. E lembre-se: nunca sirva vinho para você mesmo e jamais fique examinando os rótulos das garrafas.

2) Jamais deixe comida no prato ou os muito orgulhosos de sua gastronomia parisienses vão achar que você detestou a refeição que lhe foi preparada.

3) Não peça licença para ir ao toilette, simplesmente saia de fininho e depois volte, sem dizer nada.

4) Jamais recuse a comida que lhe for oferecida. A única coisa que os franceses perdoam alguém recusar são ostras. Talvez pelo fato de muitas pessoas terem alergia ao fruto do mar.

5)Durante o jantar pode-se falar de praticamente tudo, menos de dinheiro. Os franceses detestam falar sobre negócios à mesa e falar de dinheiro é absolutamente imperdoável!

6)Seja quase pontual. É costume entre eles chegar com 15 minutos de atrazo, para dar tempo para a dona de casa fazer os últimos preparativos. Um minuto a mais que isso já é considerado mal educado. Se tiver que se atrazar mesmo, ligue e peça desculpas, explicando o motivo.

7)Quando se é convidado para um jantar, os anfitriões esperam que você retribua o convite em no máximo duas semanas.

8) Se estiver numa loja, jamais se aproxime da vendedora(or) perguntando de cara o preço de algum produto. Bonjour madame/mounsieur são palavras obrigatórias ou vão lhe achar muito mal educado. Na hora de se despedir,Merci, au revoir madame/mounsieur. O mesmo vale para pedir qualquer tipo de informação à guardas e pessoas em geral.

9)Aqui o conceito de que o cliente sempre tem razão não vale. Para os franceses nada vem acima de sua dignidade, nem dinheiro, portanto seja sempre educado com todos os que forem lhe servir e assim terá a garantia de um bom atendimento.

10)Na hora de pedir um conselho, ou instrução ou ainda qualquer tipo de informação não se esqueça de começar sua abordagem com o Excuse moi de vous déranger, que significa basicamente desculpe-me incomodá-lo, mas...Regra de etiqueta de suma importância!

11)Não fale alto. Os franceses são muito discretos e as únicas pessoas que deverão ouvir sua conversa serão você e os amigos com quem fala, mais ninguém.

12) Não ocupe muito espaço. Espaço na Europa em geral é luxo. Não ocupe duas vagas no metrô nem espere conseguir uma mesa para quatro se vocês são apenas dois, mesmo que a mesa para dois seja mínima, que a mesa para quatro pessoas esteja em posição melhor ou que o restaurante esteja vazio.

13)Embora aqui sejamos ensinados a deixar nossas mãos repousando em nossos colos enquanto numa mesa de jantar, na França isso é considerado muito inadequado. Porquê essas mãos estão aí embaixo? É isso o que eles estarão pensando, principalmente se estiver sentado ao lado de alguém do sexo oposto. Mãos na mesa e à vista de todos. Eu disse mãos, não cotovelos! Repare que na foto abaixo a senhora está ensinando boas maneiras à um grupo de jovens. Aparentemente uma delas não aprendeu a lição:


14)Não se vista de modo inapropriado. Shorts, jeans , tênis e barriguinha de fora podem ser usados numa boa num passeio pela manhã num dia de verão. Mas jamais num restaurante à noite em Paris. Os parisienses consideram uma noitada num restaurante como uma oportunidade para se vestirem elegantemente e esperam que todos ao seu redor façam o mesmo. Na dúvida, mulheres usem preto e homens, levem ao menos um blazer. E por favor jamais entrem em igrejas com ombros de fora, bonés e demais chapéus pois isto é considerado desrespeitoso. Sinceramente a barriguinha de fora eu deixaria para usar no Brasil mesmo. Nem durante um dia quente não é muito bem visto mostrar mais do corpo do que se deve...

15) Não sorria para estranhos. Mais do que uma gafe, sorrir para estranhos é muito mais um erro de interpretação pois na França se uma mulher sorrir para um estranho, ele vai pensar que é uma abordagem e pode começar a segui-la simplesmente até lhe convidar para um drink. O mesmo vale para homens, que se sorrirem para uma mulher, ou vai receber de volta uma cara bem feia ou um sorriso que indicará que espera por uma aproximação, tipo sinal verde.

16)Não comece a frase falando em inglês como se todo mundo tivesse que entender. Eles simplesmente odeiam isso! Aprenda algumas frases básicas em francês, comece com elas e depois pergunte humildemente se pode falar em inglês pois você se comunica melhor neste idioma. Se eles souberem inglês, não se incomodarão de falar a língua. Mas se você já começar de cara perguntando Hi sir, can you help me?, pode ser que eles inclusive finjam que nada entenderam só para não terem que lidar com o que eles entenderão como uma enorme arrogância de sua parte.

As palavrinhas mágicas são:

Bonjour madame/mounsieur (Bom dia senhora/senhor), usados para se dirigir a qualquer pessoa sempre que chegarem à algum lugar mesmo que seja já pela parte da tarde.

Bon soir madame/monsieur (Boa noite, usado se já for noite mesmo, quando o céu já está escuro)

S'il vous plaît (Por favor)

Au revoir madame/mounsieur (Para se despedir)

Merci madame/mounsieur (obrigado senhora/senhor)

Excuse moi de vous déranger madame/mounsieur (Desculpe-me incomodá-lo(a))

Note que o madame e mounsieur estão presentes em quase todas as falas.

Est-ce que je peux parler en anglais? (Posso falar em inglês?)

Est-ce que vous pouvez m'aider madame/mounsieur? (A senhora/senhor pode me ajudar?)

As regras de etiqueta à mesa são como as nossas: não se deve cortar a salada, pão se parte com as mãos, não se fala de assuntos desagradáveis, etc, etc, etc...

No final de contas,os parisienses são mesmo mal humorados embora já estejam muito melhores em relação aos turistas. Para que tenham uma idéia, um dia (e isso há 10 anos atrás) pedi uma informação e o recepcionista me perguntou de cara se eu era brasileira pois só uma brasileira faria uma pergunta daquelas...Que tal? Hoje isso já não acontece mais. Se serve de consolo, eles mesmo se acham mal humorados e até fazem graça disso:

Tradução: Eu não amo nada. Sou parisiense
Vai entender como um povo que mora num lugar tão lindo pode ser assim tão ranzinzinha heim?

Um comentário:

Fabiana disse...

Muito interessante esse post de como agir em território francês...estou programando uma viagem e amei as dicas...confesso que me deu um certo pavor de que algo dê errado...espero ter aprendido com sua experiência e poder contar com suas dicas. Beijos...au revoir