quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Como Comprar Bilhetes de Trem Saindo de Paris


Se você já sabe para onde vai, dirija-se a Gare du Nord para comprar os bilhetes dos TGVs (no portugûes, trem de grande velocidade) das redes THALYS e EUROSTAR, com uma antecedência e pelo menos 3 dias. Não que você não possa comprar no dia, pode, mas ficará sujeito à existência ou não de vagas e certamente pagará mais caro.
Você pode chegar à Gare du Nord pelas linhas de metrô mesmo, e se tiver dúvidas, basta perguntar em um guichê de informações turísticas que normalmente existe em cada estação. Se quiser fazer este trajeto de taxi,levará em torno de 30 minutos para chegar.
Chegando lá procure a fila do SNCF e espere sua vez, à menos que seja familiarizado(a) com máquinas self service, o que definitivamente não é meu caso.A fila vai andar rápido pois são vários os guichês, se você não falar francês espere até vagar um com a placa english spoken-acredite, os demais atendentes mesmo trabalhando numa estação de trem que liga Paris à toda a Europa, só falam em francês mesmo.
Peça seu bilhete e nunca compre o da tarifa mais simples, pois se você tiver um problema e tiver que trocar o bilhete, não será reembolsado. Compre o da tarifa mezzo que é apenas um pouquinho acima da simples e te dá o direito de trocar o bilhete antes da viagem sem nenhum custo e até uma hora depois que o trem tiver embarcado.Nunca achei que fosse precisar trocar um bilhete mas justamente nesta viagem chegamos atrazadas (três mulheres secando o cabelo de manhã dá nisso!)e tive que trocar.Para tal, é entrar na mesma fila novamente e esperar.
Um bilhete ida e volta para Bruxelas na tarifa mezzo, por exemplo, saiu por 122 euros.
Recomendo que não façam como eu, lezada que perdeu o trem, cheguem com pelo menos meia hora de folga, pois como o lugar é marcado e os trens são enormes, demora um pouco para achar o seu vagão, e trem não espera.
Hoje em dia não faz mais sentido viajar de trem por percursos muito longos. Já fui de Roma à Paris de trem, tipo 12 horas de viagem, isso no início dos anos 90 quando não existiam esas companhias aéreas que vendem trechos dentro da Europa por 90 euros.Então alugávamos uma cabine com cama, comprávamos uma garrafa de vinho, algumas fatias de emmenthal, um bom pão e lá íamos.Aproveitávamos para viajar de noite, assim economizávamos uma diária de hotel, naqueles tempos onde o dinheiro era curto mas a vontade de se aventurar e conhecer o mundo era grande.Ainda é.
Recomendo então que pesquisem sempre na internet para ver se não é mais em conta e rápido viajar dentro da Europa de avião.
Também é possível comprar os bilhetes de trem diretamente pelo site da SNCF.
Boa viagem!

6 comentários:

Eu penso que... disse...

Oiê!!!
Tô adorando ler isso aqui!
Já coloquei um link do seu blog lá no meu blogroll.
Fiz mal???
Bjssssssss

Antonio Da Vida disse...

Eu tb estou adorando...
o link sempre esteve no meu blog, eu nunca cheguei a tirá-lo...
Vc está certa, trem é bom para curtas distâncias mas para médias distâncias, o melhor é avião mesmo.
XXX

iara disse...

otimo.suas dicas sao legais.eu sou uma viajante corajosa,tenho 58 anos e nao falo ingles.Pode?---PODE.MAS TENHO DICULDADES PARA TER OS SITES PARA COMPRA DE PASSAGENS,MAS MESMO ASSIM TENHO DADO MINHAS VOLTAS PELO MUNDO.BEIJOS,VALEU-ME MUITO

Julia Fontelles disse...

Pode sim Iara, pois como disse Fernando Pessoa: "Tudo vale a pena quando a alma não é pequena!" Continue viajando e se puder, me mande algumas dicas para que eu possa dividir com os outros, já que você viaja tanto e tem a experiência da sabedoria.
Abraços,
Julia

Anônimo disse...

Oi Julia achei por acaso seu blog e li tudo sem parar, adorei de verdade de os seus comentários e suas dicas sobre Paris.
Estou indo pra ai logo logo estudar français srsrsrsr Abientot. Mário.São Paulo

Julia Fontelles disse...

Oi Mario, que bom que está gostando. Continuarei me esforçando para contribuir com dicas bacanas para quem está programando viajar para a Europa, com ênfase em Paris que é a cidade que mais amo no mundo. Abraços.